SEJA BEM-VINDO. HOJE É »»» de de


HORAS » : :

terça-feira, setembro 30, 2008

SETE POEMAS PARA CARLOS PAREDES

  • É noite. Uma guitarra
    acende a Vida e seus segredos.


Ouvi um choro. Assim como quem parte
e fica, partindo-se em nós,
crescer no ar, incendiado
e suave como pássaro, voando.

Ouvi-o pela noite, em clarões
que ferem o momento:
Gritos; dedos; alma...
A luz em sofrimento.

Uma guitarra ouvia-se no pranto.



  • É dia. Uma guitarra
    dorme sobre cinzas...