SEJA BEM-VINDO. HOJE É »»» de de


HORAS » : :

sábado, março 30, 2013

SOBRE AS ÁGUAS DO ZAMBEZE

Sulcando as águas do rio, os barcos considerados jóias de outrora tinham nomes, entre outros, como Mazarro, Quarra, Marruma, Zanha ou Mouzinho de Albuquerque.

Todos ostentavam uma vincada originalidade resultante das enormes rodas à popa, equipadas de várias pás. A sua rotação fazia mergulhar as respectivas pás, assim provocando o movimento da embarcação.

Daquelas jóias aproveito para exibir o Mezingo que durante mais de 30 anos ostentou o seu encanto em inúmeras rotas sobre as águas do Zambeze.
Conforme testemunhos, após o dramático naufrágio do batelão em Mopeia, ocorrido a 21 de Junho de 1969 e envolvendo o transporte de uma coluna militar, o Mezingo garantiu mais uma das suas meritórias missões, operando durante 20 dias na recolha de corpos e na recuperação de viaturas.

0 COMENTÁRIO(S):