terça-feira, maio 13, 2014

A SOCIÉTÉ DU MADAL - primórdios na Zambézia


A partir de 1903 a Sociedade Agrícola da Madal estabeleceu-se em Quelimane, acabando por implementar uma actividade diversificada por inúmeros domínios. A afirmação do seu exercício ao longo de décadas outorgou-lhe um posicionamento como entidade de referência no desenvolvimento económico e social da Zambézia.

Entretanto, foi na elaboração de copra que o seu desempenho se tornou mais expressivo. Obtida a concessão das áreas de alguns dos extintos “prazos da coroa”, a empresa impulsionou uma importante actividade agrícola vocacionada para a exploração do palmar.

Nos primórdios dos anos 70, do passado século, o seu património consagrava já uma área plantada detentora de cerca de um milhão e meio de coqueiros, podendo considerar-se, deste universo, um milhão no ciclo de plena produção.

4 COMENTÁRIO(S):