SEJA BEM-VINDO. HOJE É »»» de de


HORAS » : :

sexta-feira, março 31, 2017

A EXÓTICA TREPADEIRA

As trepadeiras constituem um recurso ornamental inequívoco para aprimorar espaços lúdicos, muitas delas projectando com regularidade cenários fascinantes de prolífera floração.


A que se exibe neste resguardo da habitação, com o início do ciclo primaveril, sempre abusou em surpreender-me com a sua roupagem colorida.

Como de momento desconheço qual a designação vulgar consensualmente aceite, trato-a por "akebia". O seu nome científico é Akebia quinata e, em inglês, é regularmente citada por "chocolate vine".
Trepadeira de hastes volúveis e de porte delicado, é originária da Ásia oriental, nomeadamente China, Coreia e Japão, sendo sustentada a sua introdução na Europa em meados do século XIX.
As folhas, compostas por 5 folíolos, são normalmente caducas, podendo denotar alguma persistência em climas amenos.  
Os ramos delgados e volúveis podem atingir 5 metros de comprimento, dando forma a uma copa graciosamente entrelaçada.
Entretanto, o exotismo distinto concentra-se nos abundantes cachos de flores, destacando-se a beleza da tonalidade púrpura das pétalas que emanam suave fragrância a baunilha.

0 COMENTÁRIO(S):